Um grande susto em viagem de formação de homens do mar
Autor: Almirante de Esquadra Luiz Fernando Palmer Fonseca

A narração emocionante de incidente em alto-mar mostra bem a importância da formação na carreira, não só de um marinheiro, como também na vida de todos os cidadãos. O autor, hoje Almirante Palmer Fonseca, era o Imediato do navio veleiro Cisne Branco, o ex-Ondine adquirido pela Marinha Brasileira.

O então “S/V Ondine” que tornou-se  Cisne Branco

 

Um grande susto em viagem de formação de homens do mar

Clique para ler o relato completo da manobra de emergência realizada quando do rompimento do brandal, e diversas outras histórias da travessia.

Uma bela carreira militar começando pelo Colégio Naval.

Assim o Almirante Palmer resumiu sua carreira na Marinha do Brasil:
– 1966 ingressei no Colégio Naval, onde comecei a velejar. Não mais parei até hoje.
2- 1971 me formei na Escola Naval .
3- Especializei-me em hidrografia.
4- Comandei 3 navios hidrográficos ( João dos Santos, Orion e Canopus) e o navio escola Brasil.
5- Em 1982 fui imediato do veleiro oceânico Cisne Branco, essência do artigo ora em pauta.
6- Fui promovido a Almirante em 2002.
7- Dentre outros cargos como Almirante fui Diretor de Hidrografia e Navegação, Diretor Geral do Pessoal e Comandante de Operações Navais.
Já na reserva, fui navegador do veleiro Santa Fé (36 pés) e hoje tripulo o veleiro Puro Malte( delta 36).
Penso que a vela propicia a auto confiança, o espírito de equipe e a camaradagem essenciais ao Oficial de Marinha.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here