Um grande susto em viagem de formação de homens do mar
Autor: Almirante de Esquadra Luiz Fernando Palmer Fonseca

Um Grande Susto Em Viagem De Formação De Homens Do Mar 9

A narração emocionante de incidente em alto-mar mostra bem a importância da formação na carreira, não só de um marinheiro, como também na vida de todos os cidadãos. O autor, hoje Almirante Palmer Fonseca, era o Imediato do navio veleiro Cisne Branco, o ex-Ondine adquirido pela Marinha Brasileira.

O então “S/V Ondine” que tornou-se  Cisne Branco Um Grande Susto Em Viagem De Formação De Homens Do Mar 10

 

Um Grande Susto Em Viagem De Formação De Homens Do Mar 11Um grande susto em viagem de formação de homens do mar

Clique para ler o relato completo da manobra de emergência realizada quando do rompimento do brandal, e diversas outras histórias da travessia.

Um Grande Susto Em Viagem De Formação De Homens Do Mar 12

Uma bela carreira militar começando pelo Colégio Naval.

Assim o Almirante Palmer resumiu sua carreira na Marinha do Brasil:
– 1966 ingressei no Colégio Naval, onde comecei a velejar. Não mais parei até hoje.
2- 1971 me formei na Escola Naval .
3- Especializei-me em hidrografia.
4- Comandei 3 navios hidrográficos ( João dos Santos, Orion e Canopus) e o navio escola Brasil.
5- Em 1982 fui imediato do veleiro oceânico Cisne Branco, essência do artigo ora em pauta.
6- Fui promovido a Almirante em 2002.
7- Dentre outros cargos como Almirante fui Diretor de Hidrografia e Navegação, Diretor Geral do Pessoal e Comandante de Operações Navais.
Já na reserva, fui navegador do veleiro Santa Fé (36 pés) e hoje tripulo o veleiro Puro Malte( delta 36).
Penso que a vela propicia a auto confiança, o espírito de equipe e a camaradagem essenciais ao Oficial de Marinha.