VIº Cruzeiro-Regata Porto Alegre – Tapes
03 e 04 Ago 2018
Em comemoração aos 50 anos do Clube Náutico Tapense

AVISO
ADIADO PARA 17/08/2018

Atenção:
As alterações após a postagem original deste Aviso estão na cor verde ao longo do texto ou na lista abaixo:

  1. Vel Média e União do Grupo
  2. Recomendações e cartas para aproximação à ilha Francisco Manoel
  3. Recomendamos o uso do aplicativo gratuito da RACEQS.COM em seu celular, para a gravação do track (‘rastro’) AO VIVO! O sistema mostrará todos os tracks simultaneamente nesta página do Popa! Basta baixar o aplicativo e configurá-lo. É muito simples. Mais instruções no próprio site da Raceqs.
  4. Acesso de familiares de participantes do VI Cruzeiro-regata Porto Alegre – Tapes ao CNT
  5. Quarta lista de  inscritos.
  6. Adiamento para 17/08/2018
  7. Oportunamente o Aviso original (abaixo) será atualizado.
26 Jul 2018

No próximo dia 03 de agosto estaremos desatracando com destino a Tapes. Vem aí o VIº Cruzeiro – Regata Porto Alegre – Tapes, um evento voltado à navegação em grupo.

Resumo

Atividades mais marcantes do evento

Largada de Porto Alegre às 18:00h de sexta-feira, 03/08/2018, em frente ao Veleiros do Sul
Jantar na Ilha Francisco Manoel, no Guaíba (subsede do Veleiros do Sul)
Largada da Ilha Francisco Manoel às 07:00h de sábado, 04/08/18
Jantar no Clube Náutico Tapense

Possibilidade de participar do Jantar dançante (ingresso não incluído na taxa de inscrição)

Distribuição de brindes da JIMO a cada Comandante (na Secretaria Esportiva do Veleiros do Sul, antes da largada, exclusivamente), e outros a sortear em Tapes: North Sail, Equinautic, Sul Náutica e Macaronni.

Para alguns, o cruzeiro significa o incentivo que faltava para navegar até onde nunca ousaram ir sozinhos. É clima de desafio e de aventura.

Para outros, é a imagem da flotilha que conta. A confraternização é formidável.

E tem ainda quem vê no grupo a possibilidade de mostrar sua habilidade, buscando a vitória e mostrando ao meio sua evolução como esportista.

Seja como for, o clima é de festa. Em 2009 participaram 60 embarcações com mais de 200 tripulantes (tivemos 70 barcos em 2008).

Desafio, provação, paisagem, competição ou confraternização. Enfim, não importa o motivo. O importante é participar. Aí vamos nós, cheios de entusiasmo, para navegar a secular Rota do Arroz. Veja mais sobre a história da navegação em Tapes mais abaixo.

Através dos grupos de mensagens, como o Oceano VDS e o Cruzeiristas RS+, a manifestação de interesse pelos comandantes começou a ocorrer antes mesmo da divulgação do evento no site do Popa.

Entidades empenhadas na realização do evento
O Veleiros do Sul será a Autoridade Organizadora do VIº Cruzeiro – Regata Porto Alegre – Tapes, e fará a operação do evento. A promoção é do Clube Náutico Tapense, cabendo ao Popa.com.br a idealização e a divulgação.

O VIº Cruzeiro – Regata Porto Alegre – Tapes comemora o cinqüentenário do Clube Náutico Tapense.

Programação

Que embarcações podem participar?
Embarcações cabinadas, à vela e a motor, equipadas para a navegação nas águas da Lagoa dos Patos, e com tripulação capaz de conduzir a embarcação até o final sem auxílio externo. Proibida a participação de jetskis.

Por que apenas as cabinadas? Porque o evento inclui pernoite a bordo, sendo os fundeios próximos a locais onde o desembarque é proibido, ou não oferece instalações para pernoite.

Concentração e atracação no Veleiros do Sul
O evento terá início em concentração no Veleiros do Sul, a partir das 16 horas de sexta-feira, 03/08/18, ocasião em que as embarcações dos participantes poderão atracar por alguns minutos no Veleiros do Sul, somente para a assinatura da ficha e para apanhar os tão disputados kits com os brindes da JIMO aos comandantes. Não há outra forma de retirada destes brindes após o dia 03/08/18.

Embarque
Às 17:00h embarque e preparação para a largada.

Em 26/07/18 ~16:30h
Velocidade Média e União do Grupo
:

A velocidade média recomendada para as embarcações participantes é de 5 nós (9,3km/h). Isso garante que as embarcações não se espalharão muito, que manterão contato visual umas com as outras,  facilitando o controle e garantindo a união do grupo. Lembre-se que o evento destina-se à navegação em grupo.

Além disso, para a chegada em Tapes com luz do dia, é necessário manter 5 nós, em média.

Participe das largadas nos locais e horários indicados. As largadas são os grandes momentos do evento.

Largada
Largada em frente ao Veleiros do Sul às 18:00h (o pôr-do-sol ocorrerá às 17:52h). Os barcos deverão cruzar a linha de largada, demarcada pela Comissão de Regata (CR) e uma bóia de cor amarela, ou outra marca a ser indicada pela CR na ocasião, pelo VHF, canal 68. Todas as embarcações inscritas deverão largar neste local e neste horário. As embarcações que não largarem desta forma não estarão presentes na lista a ser elaborada pela CR por ocasião da largada. É esta lista que será empregada na monitoração durante o percurso. É impraticável prover um mínimo de segurança ou apoio a embarcações que estejam em locais imprevistos entre a largada e a chegada. No entanto, cada comandante deverá decidir largar, ou não, de acordo com a capacidade do seu comandante, de seus tripulantes e de sua embarcação. Nenhum inscrito é obrigado a acatar as determinações da organização, caso não se ache perfeitamente apto para atender à navegação proposta, seja quanto a largar, navegar, fundear, etc, principalmente em relação à intempérie. Vale o mesmo para a re-largada no sábado, até a chegada em Tapes.

Rota
Os participantes deverão utilizar os canais de navegação do Rio Guaíba, afastando-se dele apenas no acesso à ilha Francisco Manoel. A navegação noturna fora dos canais de navegação é totalmente contra-indicada visando-se evitar encalhes, abalroamentos e, principalmente, redes de pesca. O acesso à ilha para embarcações vindas do norte (Porto Alegre) deverá ser feito pela sua costa norte, com extremo cuidado, saindo-se do canal no farolete 116. O retorno ao canal de navegação, para continuação da rota em direção ao sul, da mesma forma, será feito pela costa norte da ilha, mas em direção à marca 114 do canal de navegação. Há pedras nas proximidades destas rotas. Extremo cuidado com a navegação é necessário.

Recomendações e cartas para o acesso à ilha Francisco Manoel apresentadas pelo Cmte Gustavo Lis “Saint Vincent” (Em 26/07/18 ~19:00h)
Breves instruções para os participantes do Cruzeiro

Chegada à Ilha Francisco Manoel
Previsão de chegada ao fundeio de pernoite em frente à ilha Francisco Manoel, às 21:00h (14mn@5nós). É uma excelente oportunidade para conhecer a ilha sub-sede do Veleiros do Sul.

Fundeio
O fundeio das embarcações participantes ocorrerá nas proximidades dos molhes da ilha, de acordo com a direção do vento na ocasião.

O pernoite será a bordo. A ilha não dispõe de acomodações para pernoite, sendo proibido pernoitar em terra.

Desembarque/embarque
O Veleiros do Sul providenciará 2 botes infláveis para o desembarque e embarque dos participantes (o último embarque ocorrerá às 23:55h)

Jantar na Sexta
Além do desfrute e do merecido descanso na belíssima ilha do Veleiros do Sul, a comodoria promoverá a sua histórica “Lentilhada à Bruno Richter”, que será oferecida no Galpão da Ilha, entre 20:00 e 23:00h. Leve sua bebida.

Re-largada
A re-largada na ilha Francisco Manoel ocorrerá às 7:00h de sábado, com destino a Tapes, de forma “automática”, isto é, sem participação de Comissão de Regata. As embarcações deverão seguir pela costa norte da ilha em direção ao farolete 114 do canal de navegação, e por ele navegar até a chegada à Lagoa dos Patos. A partir daí, tomar o rumo verdadeiro aproximado de 212º, até o Pontal de Tapes. Deverão então contornar o pontal, verificando sempre a profundidade do local, e seguir em direção ao Farolete Pau do Hugo, deixando-o por boreste, e daí ao farolete de acesso ao canalete do Clube Náutico Tapense.

Chegada
Previsão de chegada em Tapes (45mn@5nós=9h) às 16:00h de sábado. Os veleiros que participarem da regata, serão classificados pelo critério  “bico-de-proa”. O Clube Náutico Tapense poderá premiar os 5 primeiros classificados. Um funcionário do clube anotará nome e horário de chegada nos molhes da marina do CNT. Proibida a ultrapassagem no canalete de acesso ao clube.

Atracação
O Clube Náutico Tapense disponibilizará alguns funcionários para auxílio na atracação, indicando os boxes a atracar.

Jantar no sábado
O Clube Náutico Tapense oferecerá o tradicional jantar aos participantes do evento, às 20:00h, com a  confraternização e entrega de brindes da North Sails, Equinautic, Sul Náutica e Macaronni (os brindes da Jimo serão entregues exclusivamente na Secretaria Esportiva do Veleiros do Sul, até o dia da largada em Porto Alegre).

O cardápio em Tapes inclui Espinhaço de Ovelha com arroz, Arroz de Carreteiro, Feijão e salada, sob o comando do Comodoro João Paulo Ziulkoski, o experiente chef de cozinha que oferecerá o jantar. Bebida será paga à parte.

Estadia das embarcações no VDS e no CNT
Barcos de associados do CNT e de outros clubes, inscritos no evento, terão 15 dias de estadia gratuita no Veleiros do Sul até a data de largada. Da mesma forma, o CNT oferecerá 15 dias isentos de cobrança de estadia após a chegada, aos barcos participantes.

Equipamento obrigatório, Responsabilidades e outros assuntos sobre navegação
Toda embarcação e tripulação deverá estar de acordo com as exigências da Marinha do Brasil durante todo o percurso do evento. Todo o comandante é obrigado a conhecer plenamente a legislação em vigor, mais especificamente as NORMANs pertinentes à segurança de navegação, e a respeitá-las.

É obrigatório a cada comandante prover a embarcação participante de equipamento em plena condição de funcionamento para navegação por instrumentos (GPS), e tripulação qualificada para sua utilização em todo o percurso do evento. O GPS a bordo deverá oferecer carta náutica com a indicação do canal de acesso à ilha Francisco Manoel e ao Clube Náutico Tapense, a ser providenciado por cada comandante antes da largada. O App Navionics, quando devidamente configurado para Community Edits, oferece balizamento provisório do canal de acesso à ilha Francisco Manoel e poderá eventualmente ser utilizado como auxílio secundário à navegação, por conta e risco do usuário. As imagens abaixo, meramente ilustrativas e não aproveitáveis para fins de navegação, apresentam amostras das telas do Navionics com indicação de balizamento para o acesso, segundo o trabalho do Cmte Cristian Yanzer, que gentilmente prontificou-se a efetuar a batimetria da região em torno da Ilha Francisco Manoel.

Observe a ilha Francisco Manoel no centro da imagem

Costa norte da ilha Francisco Manoel

Molhes da ilha Francisco Manoel

A chegada à Ilha Francisco Manoel e a Tapes poderá ocorrer à noite, e a navegação exclusivamente visual é absolutamente impraticável.

É expressamente proibida a participação de embarcações no evento sem a garantia de utilização do GPS com cartas adequadas, operados por tripulação competente para tanto, por todo o percurso, conforme descrito acima.

Poderá ocorrer neblina e calmaria tanto no rio Guaíba quanto na Lagoa dos Patos. Cada embarcação deverá dispor de combustível suficiente e com folga para navegar a motor durante todo o percurso, até Tapes. Não haverá reabastecimento no percurso. Interessados em reabastecimento para retorno de Tapes, no Clube Náutico Tapense, deverão fazer contato com a secretaria do clube o quanto antes.

Não haverá embarcações para reboque na Lagoa dos Patos.

O que é um Cruzeiro-Regata?
É um evento náutico em que participam embarcações a passeio (cruzeiro) e em competição (regata). A proposta dos cruzeiristas (tanto à vela quanto a motor) é a navegação de lazer sem a busca de performance. Regata é uma competição entre embarcações visando performance de velocidade e de táticas de navegação.

O cruzeiro-regata reúne embarcações à vela de cruzeiro e de regata, e a motor. Nas decisões da organização do evento que dizem respeito às condições atmosféricas, horários e outros aspectos, os interesses e possibilidades dos cruzeiristas são preponderantes, já que estes costumam embarcar, além da tripulação para a faina, familiares e amigos sem experiência náutica e, portanto, com baixa performance, em média.

Por que participar de um Cruzeiro-Regata para Tapes?
– Para alguns navegadores gaúchos, navegar na Lagoa dos Patos não é trivial. A companhia de outras embarcações faz muita diferença, oferecendo sensação de segurança e conforto.

– Navegar entre dezenas de barcos é um raro prazer. O cenário, a companhia e a participação em massa oferecem um contexto muito especial.

– O fundeio na ilha Francisco Manoel, tomada por barcos, será inesquecível.

– O pernoite a bordo em fundeio estimula a navegação de cruzeiro. Para alguns, será a primeira noite dormida a bordo fora do clube. A presença de outros barcos no fundeio tranquiliza os novatos.

– Navegar as 45 milhas pela Lagoa dos Patos até Tapes. A imensidão da lagoa traz uma sensação indescritível de prazer.

– O Porto Alegre – Tapes é um evento náutico de médio curso, e de médio nível de dificuldade.

– A Enseada de Tapes oferece vários recantos com atrativos para navegadores, além das águas claras e do regime de ventos favorável para velejar.

– O acesso à marina protegida por molhes de pedra do Clube Náutico Tapense (CNT) dá-se através de canalete balizado na Enseada de Tapes. Além da ampla sede social, o CNT oferece piscina, quadras de tênis e bonitos gramados. O Clube Náutico Tapense oferece acesso à internet através de wi-fi.

Previsão do tempo
Acompanhe no Popa.com.br as previsões do tempo especiais para o evento, apresentadas diariamente pelo Cmte Cristian Yanzer, a partir de uma semana antes da largada.   O Cmte Cristian é um ativo piloto de aviação comercial que participará do evento. Antes do início da publicação dessas previsões V. poderá acessar o Windy.

Mais informações poderão ser publicadas neste Aviso, alterando-o e/ou complementando-o.

Inscrições
As inscrições serão efetuadas através do site do Popa.com.br. Clique aqui para se inscrever.

Valores e forma de pagamento
Os valores da inscrição são os que vem sendo praticados desde 2012 (e estavam até o momento sem correção), acrescidos da correção monetária pelo inpc. No Poa-Tapes de 2017, os valores praticados estavam ainda congelados, desde 2012.

Inscrição conjunta do comandante e da embarcação: R$ 100,00
Inscrição de tripulante: R$ 50,00
Inscrição de tripulante com até 15 anos: isento de pagamento, mas deve ser inscrito como se adulto fosse.
Os valores acima terão acréscimo de 30% se a inscrição for entregue no dia da largada.

O pagamento será feito através de depósito ou transferência bancária previamente à entrega da ficha à Secretaria Esportiva do VDS. Mais detalhes sobre o pagamento serão informados ao realizar sua inscrição.

Assinatura da Inscrição
Apesar do processo de inscrição, incluindo o pagamento, ser feito via internet, a Ficha de Inscrição deverá ser obrigatoriamente firmada pelo comandante/proprietário da embarcação participante, no balcão da Secretaria Esportiva do Veleiros do Sul, até as 17:00h de 03/08/2018.

Embarcações e tripulação somente serão consideradas “inscritas” após o procedimento via internet, pagamento e assinatura da ficha.
Obs.: A assinatura da ficha de inscrição pelo comandante/proprietário é exigida em todos os eventos náuticos nacionais, como na recém realizada Semana de Vela de Ilhabela, por exemplo.

O processo de inscrição via internet estará sendo testado neste evento. Falhas na formatação poderão ocorrer. Em caso de dificuldade, envie mensagem para eventos@popa.com.br

Um pouco de história

Rota do Arroz
É impossível falar em Tapes sem fazer associação à produção de arroz. A Rota do Arroz vem sendo navegada há quase 2 séculos. No início, o Brasil ainda pertencia a Portugal, os negros eram escravos e andava-se de carroça por essas bandas. Tapes teve origem em 1824, quando um porto foi lá construído para embarcar o charque produzido na região.

Tapes também produzia crina vegetal, a matéria prima para os colchões da época. Essas mercadorias eram transportadas por água, como também a cebola da região de Mostardas, que circulava por Tapes a caminho de Porto Alegre. O arroz, no entanto, tem sido o produto mais associado a Tapes ao longo de sua história.

À vela e a vapor
De início, as embarcações da Rota do Arroz eram à vela. Depois vieram os vapores. Com o tempo embarcações com motores a combustão passaram a navegar pela rota. E agora estamos nós aí, a pano outra vez, alguns a motor, navegando pelas mesmas águas da Lagoa dos Patos.

A bússola era tudo no cockpit dos navegantes da época, que navegavam à mercê das intempéries da mesma lagoa em que hoje navegamos de posse de um GPS. Com isso, a navegação implicava em dispor de tripulação que aguentasse, não só o repentino e imprevisível mau tempo, mas também a constante perspectiva de ter que encará-lo sem aviso.

Tapes
Em torno de 20.000 habitantes povoam o município de Tapes. A cidade é pacata, a gente é pra lá de hospitaleira, e as moças são muito bonitas. Basta caminhar pela cidade para logo comprovar tudo isso. Mas é a simplicidade da pequena cidade gaúcha o que mais encanta seus visitantes. O município vive da agricultura, da pecuária, da indústria e do turismo.

Clube Náutico Tapense
O Clube Náutico Tapense dispõe de 4 trapiches com mais de uma centena de barcos abrigados por molhes de pedra. A cada ano cresce a demanda por novas vagas. A área do clube é considerável: são 3,5Ha, incluindo gramados bem cuidados e povoados por quero-queros. Há também hangar para pequenas embarcações. A sede social é ampla. O clube oferece ainda piscina, canchas de tênis, sauna e outras benfeitorias. Fundado em 1968, o CNT reúne em torno de 450 associados.

O entardecer no Náutico Tapense é sempre festivo, por conta da grande quantidade de pássaros nativos.

Cruzeiro-Regata Porto Alegre – Tapes
As regatas Porto Alegre – Tapes tiveram início há algumas décadas, quando as condições da navegação lembravam mais aquela praticada nos veleiros do século XIX do que as de hoje. Depois de alguns anos de trégua, voltaram a ser realizadas pela iniciativa de um dedicado grupo de velejadores que, em conjunto com o Popa.com.br, viabilizaram novas edições, desta vez com ênfase na modalidade cruzeiro.

O primeiro evento dessa nova série ocorreu em 2006, concebido para ser bienal. Participaram 64 embarcações, com aproximadamente 200 tripulantes. Foi um recorde da navegação de recreio no Rio Grande do Sul, segundo o relato de velejadores veteranos, como o Cmte Astélio Santos. Em 2008, o evento bateu seu próprio recorde, reunindo 70 embarcações com 221 tripulantes. Aqui vamos nós outra vez!

Cruzeiro-Regata no Calendário de Tapes
Por solicitação do Popa.com.br através do Cmte Emilio Oppitz, e iniciativa do então Prefeito Municipal de Tapes Sylvio Tejada Xavier, o Cruzeiro-Regata Porto Alegre – Tapes foi incluído no Calendário de Eventos do município através da lei nº 2597/2008, de 17 de Junho de 2008. A atitude fortaleceu tanto o turismo em Tapes quanto o próprio evento.

____________
Fonte consultada sobre a história de Tapes: Prof. Miguel Sanchis
Fotos: IIº Cruzeiro-Regata Porto Alegre – Tapes (2008)

Comentários e dúvidas: eventos@popa.com.br

 

2 COMENTÁRIOS

  1. Prezado Sr Danilo!
    Tentei inscrever o Alforria, do CNT diversas vezes e não consigo. Poderia ajudar-me?
    Grato.
    Habilitação 462A2000024008
    fone 999778026
    Acompanhar-me-á Guilherme de Almeida Pastl
    ODay 23 pés.

    • Cmte Pastl,
      O que ocorreu de errado no processo de inscrição? Conseguiu ler o Aviso? E a ficha? Não conseguiu enviar a ficha?
      O senhor utilizava para a inscrição um computador ou um smart phone?
      Abraço,
      Danilo.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here